Você esta aqui
Casa > Notícias > Cidades > TÁXI DA DISCÓRDIA

TÁXI DA DISCÓRDIA

Prefeitura promete mudar tradicional ponto de táxi de Mário Campos a partir de segunda-feira

Taxistas são contra e querem que a população seja ouvida.

“…quando eu estava na polícia ouvia reclamações de cidadãos do município de que o ponto de táxi seria longe do centro comercial, por isso o mesmo achou por bem a mudança do referido ponto…” – Elias Ferraz, Gerente de Transporte, Trânsito e Segurança Pública de Mário Campos.

Em reunião ocorrida no dia 01 de setembro, onde estava presentes os taxistas, as Procuradoras do Município, Drª Patricia Natália Elias e Drª Irene Sabino Q. Meijon, os vereadores Thalles Campos e Professora Andresa e o representante do Jornal Mário Campos (Folha de Minas), além do senhor Eliaz Ferraz que utilizou destas palavras para justificar a mudança do tradicional ponto de táxi de onde é hoje.

Mudanças as vezes são necessárias, mas nem sempre agrada a todos. Quando se trata de serviços públicos então deve se tomar o maior cuidado na hora de promover as mudanças necessárias ao atendimento da população.

O serviço de táxi é um destes serviços. O responsável pelo serviço de táxi no município é a prefeitura, que por força da lei pode delega-lo a terceiros mediante licitação. Com isso os taxistas tornam se permissionários da exploração destes serviços, mas sob o gerenciamento do Poder Público Municipal.

Em Mário Campos a até pouco tempo atrás e durante muitos anos tínhamos apenas um taxista, hoje são seis. E quem se lembra de onde é o ponto de táxi da nossa cidade? Pois é, a partir de segunda-feira, 23/10, o tradicional ponto de táxi será mudado. Sairá da Av. Ronaldo Flausino, frente ao número 276, bairro São Tarcísio e irá para a Rua Manuel Macedo, esquina com a Av. Gov. Magalhães Pinto.

A mudança é contestada por alguns taxistas que afirmam que a medida é arbitrária e visa tão somente beneficiar um comercio que se instalou onde hoje é o ponto.

Estes taxistas solicitaram através de um oficio encaminhado ao setor de Trânsito e a Procuradoria do Município, protocolado na Prefeitura Municipal sob o nº Processo 728/2017, em 14 de setembro e que até então não foi respondido.

No oficio os taxistas solicitaram que a Prefeitura realizasse uma consulta popular nas redes sociais para saberem se o povo concorda ou não com esta mudança, mas além do pedido não ser respondido ontem o gerente de Transporte, Trânsito e Segurança Pública esteve no local avisando que a partir de segunda-feira é para eles irem para o novo ponto.

Os taxistas também se revoltaram com a alegação do senhor Elias Ferraz para promover esta mudança. Segundo ele “… quando fazia parte da Polícia Militar ouvia reclamações de cidadãos do município de que o ponto de táxi seria longe do centro comercial, por isso o mesmo achou por bem a mudança do referido ponto…”. Segundo os taxistas esta não é uma justificativa técnica válida para promover esta mudança, e que faltou estudo técnico e levantamentos de pesquisas junto aos usuários e a população.

Por: William Soares | 16:29:36 | (31) 99282-8070 

Comentários no Facebook

Top
%d blogueiros gostam disto: